II Concurso de Moda Inclusiva

A Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência promoveu, pelo segundo ano consecutivo, o Concurso de Moda Inclusiva para pessoas com deficiência.

Na segunda-feira, 7, no Museu da Língua Portuguesa, foi realizado um desfile com os melhores looks, criados por jovens estilistas. Os três melhores trabalhos foram premiados pelo governador Alberto Goldman. As mestres de cerimônia do desfile foram as atrizes Adriana Birolli e Bárbara Paz.

 

Na passarela, modelos com deficiência desfilaram roupas que unem estilo, praticidade e conforto. Foram apresentadas características, no vestuário e acessórios, que visam facilitar o dia a dia das pessoas com deficiência, como: calça com abertura lateral em velcro, bolsos em locais acessíveis, botão magnético (que se unem em imãs), costura e zíper na lateral, sapato com solado antiderrapante e etiqueta com numeração descrita em braile.
“Nestes dias, em que a cidade respira moda, é muito oportuno fazermos um evento desta proporção tendo as pessoas com deficiência como protagonistas. O concurso é uma forma de contribuir para uma sociedade mais justa e inclusiva. Temos que oportunizar a inclusão com qualidade. Trazer à discussão os temas que a novela “Viver a vida” trouxe aos nossos lares, de forma que se efetive a inclusão social como garantia de respeito à diversidade”, destacou a Secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Dra. Linamara Rizzo Battistella.

Thiago Cenjor, Carol Paraguaçu, Eu e Diego Madeira (meus três modelos do desfile)

O governador Alberto Goldman destacou que “a cada momento e em cada novo evento de pessoas com deficiência que participo tomo mais consciência e reconheço que não tinha nenhuma consciência a respeito da causa. Hoje tenho clareza”, afirmou, acrescentando que por ser engenheiro sempre olhou a acessibilidade com “outros olhos”. A acessibilidade não era comum há 10 anos. Hoje em dia, quando eu vou a inaugurações de obras, escolas e hospitais, as pessoas sempre falam da acessibilidade que agora existe nesses locais. Então, agora todo mundo fala sobre acessibilidade. As pessoas (com deficiência) são ativas na sociedade, têm uma vida”, declarou o governador após as premiações.

Raissa Paz, por uma Moda Mais Inclusiva.

 

 

 

 

 

 

Histórico

O Brasil tem, hoje, cerca de 29 milhões de pessoas com deficiência. Somente no Estado de São Paulo, esse contingente ultrapassa 5 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência. Há um mercado potencial enorme de produtos e serviços que possam atender as demandas especificas desse segmento.

Fotos: Arquivo Pessoal e Patricia Otazú
Fonte: Núcleo de Comunicação Institucional da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência.
Texto: Maria Isabel da Silva

Anúncios

1 Comentário

Filed under Uncategorized

One response to “II Concurso de Moda Inclusiva

  1. kelly Daniel

    Amei conhecer seu trabalho linda! fiquei emociaonada aqui! como pode ser tão perfeito tudo para todos! e só querermos… PARABÉNS!!! Bjão!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s